quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Gliese

Por João Paulo Guerra

O GLIESE 581g, planeta rochoso que gravita em torno da estrela vermelha Gliese 581, na Constelação da Libra, tem três vezes a massa da Terra, gravidade suficiente para manter atmosfera, indícios de água.

O Gliese 581g é pois habitável. O problema é que fica a 20 anos-luz do planeta Terra. Caso contrário, seria um bom destino de emigração, agora que a Terra se está a tornar inabitável não apenas por razões ambientais mas também porque foi tomada pelos ‘talibans' neo-liberais.

Os terráqueos têm-se convencido que estão sozinhos no Universo e gabam-se de terem erguido várias civilizações que conduziram ao grau da civilização actual, a civilização. Mas eis que a civilização está cada vez menos civilizada e até já há quem defenda que isso de Direitos Humanos é relativo: haverá os Direitos Humanos que, sim senhor, são para cumprir; mas outros, são simples figuras decorativas, questões de forma, com zero de conteúdo. E esses serão os direitos sociais. Bem dizia um pensador norte-americano que, depois de vencer o comunismo, o capitalismo procuraria derrotar a democracia.

A globalização, ao fim de 500 anos de navegações a ligar os homens e a Terra, salda-se pela integração económica segundo as receitas do neo-liberalismo. E os homens comuns vão perdendo a esperança, perante um mundo desumano comandado por fanáticos do chamado mercado. Pelo caminho que as coisas levam, é fatal que a democracia - que já é posta em causa com total falta de pudor - a breve prazo seja arrumada no baú das tralhas do passado. Um país, o nosso, que corta com a mais absoluta crueldade no bem-estar dos cidadãos, investe ao mesmo tempo em equipamento de repressão policial.
Se ao menos Gliese 581g ficasse ali ao virar da esquina de um outro mundo...
Enviar um comentário

Publicação em destaque

Marionetas russas

por Serge Halimi A 9 de Fevereiro de 1950, no auge da Guerra Fria, um senador republicano ainda desconhecido exclama o seguinte: «Tenh...