quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Noção de Realidade!

Sacrifícios "não são incomportáveis" -- Almeida Santos

Lisboa, 29 set (Lusa) --
O presidente do PS, Almeida Santos, considerou hoje que os sacrifícios que estão a ser pedidos aos portugueses "não são incomportáveis" e considerou que "as crises não são só dos governos, são também do povo".
"Os sacrifícios que estão a ser exigidos ao povo não são sacrifícios incomportáveis. Oxalá que o país nunca tenha que enfrentar sacrifícios maiores", afirmou, sublinhando que "as crises não são só do Governo, são do povo e o povo tem que sofrer as crises como o Governo sofre".
O histórico socialista reagia aos jornalistas às novas medidas de austeridade anunciadas pelo Governo, que passam pelo aumento do IVA e a diminuição em cinco por cento dos salários dos funcionários públicos, à entrada para a reunião do secretariado do PS na sede do partido no Largo do Rato, em Lisboa.
Enviar um comentário

Publicação em destaque

Marionetas russas

por Serge Halimi A 9 de Fevereiro de 1950, no auge da Guerra Fria, um senador republicano ainda desconhecido exclama o seguinte: «Tenh...